Era hora de fechar o escritório em uma pequena escola adventista do sétimo dia em Puerto Ordaz, Venezuela, quando alguém bateu à porta.

  • Por favor, me ajude – implorou o homem.  – Eu preciso matricular meus filhos nesta escola.
  • Desculpe, estamos fechados – respondeu o professor.
  • Você já ouviu falar sobre o Instituto Universitário Adventista da Venezuela? –  o homem perguntou.
  • É claro! – disse o professor.  – É uma escola adventista muito importante neste país.
  • Bem, eu terminei meus estudos lá e quero que meus filhos tenham uma educação adventista do sétimo dia.

Aquele homem era o CEO de uma empresa bem conhecida e acabara de se mudar com sua família para Puerto Ordaz. Mesmo tendo condições de matricular seus filhos em qualquer escola, ele decidiu matriculá-los em uma escola adventista do sétimo dia. Por quê? Porque ele experimentara, em primeira mão, as bênçãos da educação adventista e queria que seus filhos também desfrutassem dessa bênção.

A educação adventista cumpre uma missão muito significativa como parte do ministério redentor da Igreja Adventista do Sétimo Dia, a salvação de nossos filhos e jovens. Os educadores adventistas são inspirados e movidos por esta declaração de Ellen G. White sobre educação: “É o desenvolvimento harmônico das faculdades físicas, intelectuais e espirituais. Prepara o estudante para o gozo do serviço neste mundo, e para aquela alegria mais elevada por um mais dilatado serviço no mundo vindouro.”*

A Divisão Interamericana (DIA) é uma das divisões que mais crescem na Igreja Adventista. Ela enfrenta grandes desafios devido à diversidade de idiomas –  espanhol, inglês e francês –, além de dialetos locais, e abrange 43 países com vários contextos legais e culturais.

Mas, mesmo em meio a esses desafios, a educação adventista na DIA cumpre sua missão de oferecer educação cristã em 959 escolas, com 150.046 alunos, sob os cuidados de 9.856 professores. Essas 959 escolas incluem 15 faculdades e universidades, 324 escolas de ensino fundamental II e 620 escolas de fundamental I.

Deus abençoou a educação adventista na América Central com marcos significativos. Estes incluem:

  • implementação dos ideais da educação adventista;
  • melhorias na qualidade educacional;
  • aumento do número de programas de nível universitário oferecidos;
  • preparo de pessoas para a segunda vinda de Jesus.

Implementação dos ideais da educação adventista

Os líderes da América Central estão comprometidos em garantir que nossas escolas, em todos os níveis, prestem o melhor testemunho possível, oferecendo os mais altos padrões de qualidade educacional mantidos pela Igreja Adventista do Sétimo Dia. Nós mantemos esses padrões em alta consideração, pois acreditamos que eles sejam o aspecto sensível e visível da igreja.

Assim, em 2015, a DIA escolheu como uma de suas metas quinquenais implementar um compromisso renovado com os ideais da educação cristã adventista do sétimo dia. Durante este quinquênio (2015-2020), o trabalho de administradores, pastores e especialistas em educação foi solidificado em um documento intitulado “Uma bússola na direção da excelência”, que fornece uma estrutura conceitual para o desenvolvimento da educação adventista do nível fundamental ao médio. Esse documento foi adotado como referência pelas Uniões, que o adaptaram ao contexto legal e cultural de cada país, para garantir o desenvolvimento de um programa educacional com uma identidade adventista de alta qualidade que será reconhecida dentro e fora das regiões eleitorais da igreja. As oficinas anuais denominadas Uma Jornada ao Conhecimento ofereceram treinamento e inspiração para departamentais de educação da União, administradores educacionais e professores em vários campos e apresentaram soluções para os problemas atuais nas escolas adventistas através da aplicação de uma filosofia adventista de educação.

O ensino superior, em grande medida, molda o futuro imediato e de longo prazo da igreja, de modo que a atenção constante às instituições de ensino superior é de extrema importância. As universidades da DIA estão ligadas por meio de uma associação que permite um compartilhamento saudável de experiências e melhores práticas e, além disso, a oportunidade de participar de projetos e estender o apoio uns aos outros quando confrontados com desafios ou dificuldades.

O Departamento de Educação da DIA desenvolveu duas iniciativas para manter as instituições de ensino superior focadas na qualidade educacional adventista:

  1. “Ampliar as Fronteiras da Universidade”. Essa iniciativa incluiu a criação de critérios a serem usados na avaliação do desempenho administrativo e na implementação de melhores práticas. Visitas interescolares, bem como visitas às principais escolas de outras Divisões mundiais da igreja fizeram parte desse processo.
  2. “Inspirado para Inspirar”. Informações e incentivos foram dados aos líderes das universidades por Divisão e a outros funcionários da educação relacionados a várias funções especializadas, como pesquisa, eficiência escolar, ministérios pastorais da universidade, vida estudantil e missiologia.

A DIA também estabeleceu o Prêmio Adventista de Excelência Universitária para reconhecer os estudantes que melhor representam os ideais de excelência em cada universidade em seu território.

Desenvolvendo a qualidade educacional

A Associação de Acreditação Adventista (AAA) do Sétimo Dia de Escolas, Faculdades e Universidades forneceu um grande apoio ao desenvolvimento da educação adventista na América Central. Os padrões usados para avaliar a qualidade educacional de uma escola contribuem para os vários aspectos no processo de treinamento dos alunos. Instituições de ensino superior em toda a América Central mantiveram o credenciamento AAA, e várias delas também obtiveram outros credenciamentos institucionais ou profissionais. Da mesma forma, 85% das escolas da DIA que oferecem ensino médio foram credenciadas pela AAA.

Realizações significativas foram alcançadas na área do ensino médio. Os livros de religião estão sendo escritos para as séries que ainda não os possuem. No nível básico, um projeto para escrever livros didáticos originais foi lançado pela Inter-American Division Publishing Association –  IADPA (Associação Publicadora da Divisão Interamericana). Os alunos já têm cópias dos livros didáticos de artes até o 4º ano. Professores e alunos estão felizes que esses livros sejam baseados nos princípios da filosofia adventista de ensino, proporcionando uma efetiva integração de fé e ensino.

Aumentando o número de cursos universitários

As instituições de ensino superior da DIA oferecem 115 programas acadêmicos, 46 deles no nível de mestrado e 9 no nível de doutorado. Os estudantes universitários de toda a divisão estão distribuídos entre as várias áreas do conhecimento da seguinte forma:

  • Teologia - 2.592;
  • Pedagogia - 2.745;
  • Administração - 2.574;
  • Ciências Humanas (Artes) - 630;
  • Saúde - 3.920;
  • Ciências Exatas e Naturais - 881;
  • Ciências Aplicadas - 523;
  • Outro - 5.105.

Durante este quinquênio, as universidades da DIA aumentaram suas ofertas educacionais, abrindo 54 novos programas. Cinco de nossas universidades estabeleceram alguns campi de extensão no território de sua União; e a Universidade de Montemorelos, no México, estendeu alguns de seus programas, especialmente no nível de pós-graduação, a vários outros países da América Central e outras Divisões que solicitaram esses programas. A Divisão Interamericana é uma das duas Divisões mundiais da igreja autorizadas pela Comissão Internacional de Educação da Associação Geral (General Conference International Board of Education - IBE) a desenvolver, em seu próprio território, a aprovação de vários programas de graduação que não sejam Teologia, Educação e Saúde, seguindo um processo aprovado e supervisionado pelo IBE.

Preparando as pessoas para a segunda vinda de Jesus

É muito importante que nossas instituições educacionais ofereçam treinamento acadêmico de qualidade acompanhado por autorizações devidamente credenciadas de entidades governamentais relevantes, bem como pelas autoridades de credenciamento educacional da nossa igreja. Essas credenciais dão aos estudantes acesso a níveis de ensino superior e permitem que eles se envolvam na prática profissional nas áreas para as quais foram treinados.

O principal objetivo da educação adventista é educar para redimir. Com esse objetivo em mente, a DIA promoveu a matrícula em escolas adventistas por meio de guias de estudo da Bíblia da Escola Sabatina, em eventos para membros leigos, associações ministeriais e visitas a igrejas locais por professores e alunos que já estão envolvidos na educação cristã. Isso resultou em uma média de 41% dos estudantes adventistas do sétimo dia elegíveis matriculados no sistema educacional da Divisão. Vamos continuar orando e trabalhando para aumentar essa porcentagem.

Escolas de ensino básico, bem como instituições de ensino superior, promoveram crescimento e serviço espiritual por meio da distribuição do livro missionário do ano da DIA. Todos os anos, as escolas se tornam centros de evangelismo para nossos alunos e suas famílias, com aproximadamente 4.000 alunos batizados no quinquênio anterior.

Nos últimos 10 anos, nossas escolas e instituições de ensino superior comemoraram um “Dia de Oração” anual. Nesse dia, pais, moradores da comunidade e oficiais locais foram convidados a participar das sessões de oração nas escolas locais. Essa atividade oferece novas oportunidades para testemunhar e permite que os alunos experimentem as bênçãos da oração.

Desejando apoiar o desenvolvimento missionário de nossas instituições de ensino superior, a comissão diretiva da DIA votou um projeto que prevê um investimento de US$100.000 em cada instituição com o objetivo de estabelecer centros de influência. Clínicas móveis, centros de vida saudável para a comunidade, escolas de música, entre outros, são exemplos dos projetos que estão sendo desenvolvidos pelas escolas. A maioria das faculdades e universidades também está usando seus fundos para aumentar a quantia fornecida pela Divisão. Tanto o corpo docente quanto os alunos aderiram a esse projeto para que outras pessoas possam conhecer mais sobre o amor de Deus.

A Divisão Interamericana vai além de uma mera organização administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Ela é a soma de homens e mulheres de várias culturas, diferentes faixas etárias e origens étnicas variadas que adotam a mesma fé. É um território onde pessoas fiéis estão trabalhando pesado para conquistar o melhor para seus filhos e jovens. Esta é a razão pela qual, na América Central, a educação adventista é uma prioridade.

Gamaliel Flórez

Gamaliel Flórez, D.Min., é diretor de Educação da Divisão Interamericana da Igreja Adventista do Sétimo Dia, com sede em Miami, Flórida, Estados Unidos.

Citação recomendada:

Gamaliel Flórez, “Na América Central, a educação adventista é uma prioridade,” Revista Educação Adventista 82:2 (abril a junho de 2020). Disponível em: https://jae.adventist.org/pt/2021.83.4.7.

* Ellen G. White, Educação (Tatuí, SP, Casa Publicadora Brasileira, 2003), p. 13.